joão lóio

            Nasceu em Matosinhos em 1953.

            Trabalhou como compositor e director musical em vários espectáculos de companhias teatrais, entre as quais: Rodaviva (Porto), T.U.P. (Porto), Comuna (Lisboa), Tela (Leiria), Comediantes (Porto), Tear  (Viana/Porto), Luis Seoane (Corunha), Cornucópia (Lisboa), Teatro de Marionetas do Porto (Porto), Seiva Trupe (Porto), Teatro do Noroeste (Viana Do Castelo), T.E.P. (Porto), Teatro Nacional D. Maria Ii (Lisboa),  Ensemble (Porto), Bonifrates (Coimbra).

 

            Foi membro do Grupo de Acção Cultural (G.A.C.-Vozes na Luta) como cantor, instrumentista e compositor, actuando em Portugal, França e Alemanha.

            Participou como intérprete e/ou compositor nos: LP- "Pois Canté", G.A.C., 1976; LP "Vira Bom", G.A.C., 1977; Ep "Marchas Populares", Comuna/Rodaviva, 1978; Single "Realejo", Realejo, 1979; LP "Lenga-Lengas E Segredos", Sheila, 1979; LP "Máscara", João Lóio, 1983; EP "O Gato Malhado E A Andorinha Sinhá", T.A.I., 1984; CD "Encontros, Canções de João Lóio", João Lóio, 1997; CD "O Segredo Maior", João Lóio, 1999; CD “ Primeiro Acto”, João Lóio, 2000; CD “ Canções De Amor E Guerra”, João Lóio, 2002; CD “Mais Um Dia”, João Lóio, 2007; CD "Basta Imaginar", João Lóio, 2017.